sexta-feira, 12 de dezembro de 2014


ZE IVANILDO É  ELEITO PRESIDENTE DA CÂMARA, EM VERTENTES



Dois terços , em chapa unica , elegem  Zé Ivanildo como novo presidente da câmara do município de vertentes. Na última sessão ordinária para escolha da nova Presidência, três  vereadores não comparecem e votação foi unânime.
Composição da Nova presidência - Zé Ivanildo (  Presidente), Natal do junco (vice),
Castanha ( 1secretario), Luizinho (2 secretario) .
Vereadores Marcone, Polyane e Pedro Panela nao partiparam da sessão.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Vertentes fora da "lista negra" /

92% dos municípios pernambucanos inadimplentes no Cauc

PREFEITURAS NA "LISTA NEGRA" DA UNIÃO

Apenas treze municípios receberão verba de transferências voluntárias.


Apenas treze municípios do Estado não irão encerrar o ano com inadimplências. Os outros 171 municípios estão com irregularidades listadas no Cadastro Único de Convênios (Cauc), uma espécie de Serasa das prefeituras. O levantamento feito nos dados do Tesouro Nacional indicam uma situação alarmante, pois 92,9% dos gestores estão impedidos de receber verba de transferências voluntárias da União.
O sistema do Cauc verifica a situação dos municípios em quatro grandes blocos: obrigações de adimplência financeira; prestação de contas de convênios; obrigações de transparência e obrigações constitucionais ou legais. Para isso toda documentação administrativa, financeira e contábil produzida pelos municípios deve ser entregue ao Tesouro Nacional. 
As prefeituras podem ficar negativadas, por exemplo, ao não comprovarem a contribuição previdenciária, a aplicação mínima de recursos em educação e saúde, ou a publicação do relatório de gestão fiscal, no prazo de até 30 dias após o encerramento de cada quadrimestre ou semestre.
Além do Recife, até ontem, ficaram fora da lista de negativados os municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Cabo, Petrolina, Bom Conselho, Belo Jardim, Buenos Aires, Dormentes, Sanharó, VERTENTES, Vicência e o distrito de Fernando de Noronha. 
Os demais municípios, que ficarão sem a verba das transferências voluntárias, só poderão contar com os recursos oriundos da arrecadação de tributos federais, como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Recebem ainda verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM).
Para o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), prefeito José Patriota (PSB/Afogados da Ingazeira), a situação só mudará quando o Pacto Federativo for revisto. “A crise é a grande causadora disso tudo. Você paga umas contas e deixa de pagar outras, como as obrigações patronais”, disse. Patriota afirma ainda que um “forte indicador da concentração de renda na União” é ter todos os Estados do País com mais de 90% dos municípios inadimplentes no Cauc.
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) constatou, com base nas restrições indicadas até novembro, que 5.368 prefeituras vão encerrar o ano com irregularidades listadas no Cauc. Este número corresponde a 96,4% do total de 5.570 municípios brasileiros.  Em comparação com 2013, houve um aumento de 81%, pois em novembro passado apenas 2.965 estavam com pendências no cadastro.

Do Jornal do Comércio /

Pernambuco //

DENÚNCIA AO MPPE


Denúncia ao MPPEO serviço online de denúncia do Ministério Público de Pernambuco é um sistema à disposição da população, pelo qual poderá ser registradas denúncias a respeito de assuntos diversos referentes às áreas criminal, cível e cidadania. Os registros são encaminhados à Central de Denúncias, da qual são enviados para os órgãos ou entidades responsáveis, conforme as competências para a apuração dos fatos. Por ser online, o serviço funciona ininterruptamente.

Quem desejar fazer denúncia por outro meio de comunicação, a Central de Denúncia do Ministério Público oferece também o serviço gratuito, por meio do telefone  0800 281 9455, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Esse serviço também pode ser utilizado para o acompanhamento das denúncias, bem como para o oferecimento delas, especialmente quando houver a opção pelo anonimato.


Para denúncias anônimas, por favor, utilizar o serviço 0800 281 9455.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Fim de ano //




AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL ATENDE VERTENTES E FREI MIGUELINHO

Situação de superlotação gera incômodo por parte de populares das duas cidades.


Foto: Fernando Barbosa
Enquanto a agência bancária de Frei Miguelinho continua desativada devido a restauração dos danos causados pela explosão provocada por ladrões que invadiram a agência no mês de outubro, o município de Vertentes é que vem servindo de suporte para pagamentos de contas e recebimentos de salários.  A população reclama que a interdição do Banco do Brasil de Frei Miguelinho há quase dois meses está prejudicando os comerciantes e todos de forma geral. A superlotação é praticamente inevitável. Durante os dias de pagamento de aposentados e pensionistas, ou mesmo de funcionários das duas prefeituras, a agência fica um verdadeiro caos. Com a lotação, os Vertentenses sofrem com problemas também no atendimento, principalmente por causa da grande quantidade de saques efetuados, que esvaziam os caixas eletrônicos com maior rapidez.
Por motivo de pagamento do décimo terceiro, além dos caixas eletrônicos, atendimento ao caixa e outros serviços seguem há três dias com filas e superlotação nos dois ambientes da agência, pelo menos durante toda manhã.
Ainda não se tem previsão de quando a agência de Frei Miguelinho ficará pronta. Até que seja reinaugurada, é preciso compreensão e muita paciência.

Por Fernando Barbosa